.

Lista de produtos do autor R. J. Rushdoony

R. J. Rushdoony
R$ 53,90

A escola cristã representa de fato um rompimento com a educação humanista; porém, não raro, quando deixa para trás a escola estatal, o educador cristão ainda carrega consigo o humanismo do Estado. Um currículo não é neutro: trata-se ou de um curso em humanismo ou de um treinamento numa fé e vida centradas em Deus.

R$ 59,90

Toda ordem social repousa sobre um credo, sobre um conceito da vida e do direito, que representa uma religião em ação. Sempre que há uma investida contra a organização de uma sociedade, há concomitantemente um ataque à sua religião.

R$ 42,90

As maiores ameaças ao cristianismo são as que mais passam despercebidas ao cristão comum: são aquelas que, por terem se mesclado à nossa cosmovisão, tornam-se extremamente difíceis de serem discernidas, pois julgamo-las como verdadeiras.

R$ 36,90

A doutrina da infalibilidade bíblica repousa em última análise no caráter de Deus.

R$ 15,00

Neste livro, Rushdoony preparou uma dinamite cultural numa forma altamente compacta. Ele chega perto de ser um livro “para aqueles que têm ouvidos, ouçam”.

R$ 64,90

Uma teologia bíblica do Estado Este livro, incisivo em sua abordagem e admoestações, apresenta uma teologia bíblica do Estado, traçando detalhadamente a história e as consequências da dominação estatista e do abandono do dever cristão.

R$ 29,90

Embora muitos possam estranhar o título deste livro, os primeiros cristãos eram considerados como “ateus” pela maioria das pessoas no império romano.

R$ 46,90

Este livro é o trabalho de uma mente vigorosa, independente e lógica. Nenhum calo, ouso dizer, deixará de ser pisado — o que é precisamente aquilo que deveríamos exigir de um escritor que afirmar “falar à presente condição”.

R$ 58,90

A pornografia cresceu a ponto de tornar-se uma indústria de aproximadamente 60 bilhões de dólares, ultrapassando os rendimentos dos jogadores profissionais de futebol, de basebol e de basquete.

R$ 36,90

Por que ler um livro sobre FREUD? Enquanto o homem enxergar a culpa como um problema da ciência e não da religião, a influência de Sigmund Freud permanecerá impregnada na mente do homem moderno.